10 julho 2016

EXCELÊNCIA NA INTIMIDADE COM DEUS (PARTE 2)

https://files.acrobat.com/a/preview/d99e883a-ffe9-4daa-9855-f7b6aece2b62

Excelência na intimidade com Deus (Parte 2)


Base Bíblica: Mateus 22.34-40

Versículo para memorizar durante a semana:     Respondeu Jesus: ‘Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todo o seu entendimento’.(Mateus 22.37)

Falamos no estudo anterior sobre duas regras áureas para manter a excelência na intimidade com Deus: Amar a Deus e Ter prazer na sua Palavra.
Hoje daremos continuidade falando sobre as três outras regras.
                                   Líder de Célula. Leia o texto e explique.
3. AMAR AO PRÓXIMO. Lucas 10.25-37 é uma das melhores descrições bíblicas sobre o significado de amor ao próximo. Moral da história:
ü  A religiosidade não significa automaticamente bondade. O que mais existe na religião são pessoas insensíveis.
ü  A demonstração do amor pode surgir de alguém que a gente menos espera.

4.      TER PRAZER NA ORAÇÃO. Não tem dúvida que um cristão verdadeiro tenha prazer em orar. Mt. 18.18-20 (Digo-lhes a verdade: Tudo o que vocês ligarem na terra terá sido ligado no céu, e tudo o que vocês desligarem na terra terá sido desligado no céu. “Também lhes digo que se dois de vocês concordarem na terra em qualquer assunto sobre o qual pedirem, isso lhes será feito por meu Pai que está nos céus. Pois onde se reunirem dois ou três em meu nome, ali eu estou no meio deles”). Watchman Nee comenta este texto da seguinte forma: “Deve haver um mover sobre a terra antes que haja um mover no céu. Não é o céu que amarra primeiro, mas a terra. Não é o céu que solta primeiro, mas é a terra. Depois que a terra amarra, o céu amarra; depois que a terra solta, o céu solta. O mover no céu é controlado pelo mover na terra. Tudo o que é contrário a Deus tem de ser amarrado, e tudo o que está em harmonia com Deus tem de ser solto. Amarrar ou soltar tudo o que deve ser amarrado ou solto precisa ser algo iniciado na terra. O mover sobre a terra precede o mover no céu. A terra controla o céu”.
Para aqueles que dizem “eu não tenho vontade de orar”. Ore até ter vontade.

5. DEMONSTRAR AMOR SERVINDO. Mc. 10.45 diz: “Pois o próprio filho do homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate por muitos”.
Sharles Swindoll diz: “É possível que nunca tenhamos parado para considerar o fato de que Deus tem apenas um grande objetivo para a vida de todo o seu povo: Conformar-nos à imagem de seu Filho”.
Mt. 20.27 - e quem quiser ser o primeiro deverá ser escravo. É que o sentido original da palavra servo é “doulos”, isto é: escravo.
A demonstração de amor servindo está sobre três elementos básicos.
1.  Dar. Nada façam por ambição egoísta ou por vaidade, mas humildemente considerem os outros superiores a si mesmos. Cada um cuide, não somente dos seus interesses, mas também dos interesses dos outros. Seja a atitude de vocês a mesma de Cristo Jesus. Fil. 2.3-5. Em outras palavras o apóstolo Paulo estava dizendo: “Em vez de estar sempre procurando formas de receber, comecem a descobrir meios de dar”. No sentido de servir o que significa dar? Reflitam sobre isto.
2.  Perdoar. “Em vez de guardarmos rancor contra aqueles que nos ofendem, mostrar-nos-emos ansiosos para perdoar”.
3.  Esquecer. “Em vez de estarmos sempre nos lembrando daquilo que fizemos, ou das pessoas que auxiliamos, teremos prazer em esquecer nossos feitos e em passar praticamente desapercebidos”.

Conclusão:
1.  Firme o compromisso com a oração. Como disse Andrew Murray: “Os que não têm horário estabelecido para orar, não oram,”.
2.  Demonstre o seu amor servindo.
a) Que pessoas você pode ajudar como prova do seu amor?
b) Que coisas você pode fazer na sua igreja local servindo ao Corpo de Cristo?
Josenilton Pinheiro
     Apóstolo

Este Guia de Estudo refere-se ao sexto Estudo da série REFORMA E EXCELÊNCIA elaborado pelo apóstolo Josenilton Pinheiro com o objetivo de facilitar o ensino bíblico nas células da Igreja Rhema Ministério Apostólico.

Nenhum comentário: