29 novembro 2016 0 comentários

ANSIEDADE

Ansiedade é uma palavra forte. 
Pode significar algo bom ou ruim, dependendo da alma de cada um. Quando sua ansiedade é boa deixará um rastro de expectativa de que irá receber algo de bom, e geralmente acontece. Quando é ruim, a ansiedade deixará um rastro de medo e insegurança. Por isso não se deixe vencer pela ansiedade. Lance-a sobre o Senhor Jesus que cuida de você. Sim, Ele está cuidando de você agora. Comece a agradecer por Seu cuidado. 
Tenham um excelente dia!
23 outubro 2016 0 comentários

O ORGULHOSO CAIRÁ FACILMENTE

O ORGULHOSO CAIRÁ FACILMENTE

-gente orgulhosa não busca ajuda de ninguém.
-gente orgulhosa busca o isolamento com facilidade.
-gente orgulhosa fere os outros com palavras e com muita freqüência.
-gente orgulhosa nunca se alegra com as conquistas dos outros.
-não admite a correção.
-acha-se sabichão, não aceita ensino.
-busca conquistar na vida para provar aos outros que também é capaz.
-no trabalho, ninguém é igual ou melhor que ele (a).
-em casa, sempre tem razão.
-na igreja é o "exemplo".
-o orgulhoso dificilmente pedirá desculpas pois tem dificuldades em admitir que está errado.
-machuca os outros.
-mente.
E faz de tudo para manter seu instável "status".
O orgulhoso cairá facilmente. E é bom não estar perto nessa hora senão ele é capaz de culpar você.

J. Pinheiro.
10 setembro 2016 0 comentários

CRISTO VAI FUNCIONAR QUANDO...

Texto compartilhado.

“O pregador de hoje precisa argumentar contra o pragmatismo do pós-modernismo que busca o ser útil só para si mesmo. O evangelho não diz que, por meio dele, você encontra sua vida, mas que primeiro você precisa perder a sua vida. Preciso dizer às pessoas: “Cristo vai ‘funcionar’ para você apenas se você for verdadeiro para ele quer ele funcione para você quer não. Você não deve ir a ele porque ele o preenche (embora preencha), mas porque ele é verdadeiro. Se você o segue a fim de satisfazer suas necessidades, você não vai encontrá-lo nem vai satisfazer suas necessidades. Tornar-se cristão não é conseguir ajuda para o que você faz, mas adotar uma nova maneira de viver – a vontade de Deus. Você precisa lhe obedecer porque deve sua vida a ele, porque ele é seu Criador e Redentor”.


Timothy Keller.
02 setembro 2016 0 comentários

SOLITUDE

SOLITUDE

“Aquietai-vos e sabei que eu sou Deus; serei exaltado entre as nações; serei exaltado sobre a terra.”
‭‭Salmos‬ ‭46:10‬ .


O que dizer diante da grandeza do criador
Quando o problema que temos é tão pequeno?
O que dizer diante do criador
Quando o grito da alma é mais alto do que nossas palavras?
O que dizer aos trôpegos
Quando desequilibramos com nossas próprias palavras?
O que dizer se nem sabemos orar como convém? Senão depender dos gemidos inexprimíveis dados pelo Espírito Santo?
O que dizer diante do criador
Se é Ele quem nos manda aquietar?
Calar...
E então ouvir mais a Sua voz.


Aproveite o hoje!

Josenilton Pinheiro.
0 comentários

EM PAZ E SANTIDADE

EM PAZ E SANTIDADE

“Esforcem-se para viver em paz com todos e para serem santos; sem santidade ninguém verá o Senhor.”
‭‭Hebreus‬ ‭12:14‬ ‭


Eu sei que é difícil, mas a gente tem que se esforçar mesmo para viver em paz com todas as pessoas. E ponha esforço nisso!
Eu sei que está cada vez mais raro as pessoas se esforçarem para viver em paz umas com as outras, pois não é um exercício fácil.
Eu sei que as pessoas mais humildes se esforçam para viver em paz com as demais, mas sei também que as pessoas orgulhosas não movem uma palha para manter a paz comum, antes, ferem, maldizem, se isolam e abandonam etc.
Eu sei que temos o Modelo vivo que viveu em paz com todos, porque em todo tempo estava em paz consigo mesmo e sua santidade era vista em toda sua forma de ser.
Eu quero vê-lo, e sei que, pra isso eu tenho que viver em santidade porque Ele é santo.
Que o Santo Espírito nos pacifique. Nos santifique.

Aproveite o hoje!

Josenilton Pinheiro.
22 agosto 2016 0 comentários

CONHECENDO O DEUS DO CÉU

https://files.acrobat.com/a/preview/ca70625a-3041-4cf3-a849-fe55c5591f5f

CONHECENDO O DEUS DO CÉU.

Lucas 11:1-13, Lucas 18:1-8

Se sua vida fosse inteiramente governada por Deus seria diferente?

É difícil sustentar hoje a ideia de que não existe um ser superior, é difícil negar a existência de Deus; porém, muitos mesmo admitindo a existência de Deus, acham que Deus não interfere na sua criação. Acham que Deus criou o mundo e deixou ao cuidado do ser humano e o ser humano tem que se virar para viver sem a interferência de Deus. Isso é um erro tão grande quanto negar a existência de Deus.

Deus não abandona Sua criação, nós é que rejeitamos ao comando de Deus e decidimos governar nossas vidas e nosso mundo, por isso vivemos nessa bagunça.

Jesus quando veio a essa terra deixou claro, através de sua vida, como seria a vida de alguém totalmente submissa a Deus; alguém governado por Deus. Convivendo com Jesus seus discípulos ficaram admirados com Ele várias vezes, e pediram-Lhe que os ensinasse várias coisas, uma delas foi orar (Lc. 11-1).

Orar é aproximar-se de Deus, conversar com Deus, conhecê-lo melhor. Se não aprendermos a orar corretamente nunca conheceremos a Deus verdadeiramente (Mt. 6:9-15).

Para conhecermos a Deus precisamos:

1) Arrependermo-nos.
Precisamos arrependermo-nos de ter desprezado o governo de Deus e pedir perdão a Ele por o termos desprezado.

Quando você faz coisas contrárias a vontade de Deus você o está desprezando. Alguns desprezam tanto a Deus que não sabem nem qual é a vontade de Deus hoje. Arrependa-se.

2) Renunciar ao nosso controle sobre a nossa vida.

Estar arrependido por ter desprezado a Deus é o início, mas só isso não adianta nada se você não permite que Deus seja seu Senhor (que Deus controle sua vida). Sem entregar sua vida a Ele para que Ele seja seu Senhor sendo submisso(a) a Ele, você continuará desprezando a Deus. Entregue o controle da sua vida a Deus.

3) Confiar em Deus.
No texto de Lucas 11 e Lucas 18 Jesus insiste com os discípulos sobre o perseverar em oração, sem desanimar. Só insiste em algo que acredita. Se confia em Deus para cuidar de você, insistirá em permanecer submisso(a) a Ele, esperando em Deus.  Precisamos aprender a confiar em Deus como Jesus.

Conclusão: Você gostaria que algumas coisas mudassem em sua vida? Por quê não deixa governar você? Gostaria de ser uma pessoa como Jesus?

Você quer entregar sua vida a Deus? Que deixá-lo governá-la? Levante a mão, vamos orar.




Este Guia de Estudo refere-se ao décimo segundo Estudo da série REFORMA E EXCELÊNCIA  com o objetivo de facilitar o ensino bíblico nas células da Igreja Rhema Ministério Apostólico.Texto de Apóstolo Jonas Fernandes - http://www.mib12.com.br/#!conhecendo-o-deus-do-cu/c23ci
15 agosto 2016 0 comentários

O PODER DA ARMADURA DE DEUS

O poder da armadura de Deus
Base Bíblica: Efésios 6. 11-18

Versículo para memorizar: “Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para poderdes permanecer firmes contra as ciladas do diabo” (Ef.6.11).

Para refletir: “Nada – absolutamente nada – é mais poderoso do que Jesus” (Larry Lea).

I.     Com a armadura espiritual o cristão vence as ciladas do diabo
A armadura espiritual a que me refiro é a mesma que o apóstolo Paulo chama de “armadura de Deus”.
Só há uma forma de o cristão permanecer firme contra as ciladas do diabo: Se revestindo da armadura de Deus (11).
O objetivo final do cristão se revestir com a armadura espiritual é tornar-se firme contra as ciladas do diabo.
O desejo de Deus é que seu povo viva permanentemente revestido com as armaduras espirituais.

(5 razões pelas quais todo cristão deve se revestir da armadura de Deus)
1.  É a única forma de vencer as ciladas do diabo.
2.  É uma ordem apostólica: “fortalecei-vos no Senhor
É uma forma de o cristão reconhecer que depende de Deus. O segredo? Não confie em suas próprias forças, dependa exclusivamente de Deus.
3.  Exige ação. Prática -revesti-vos”. O que muitos cristãos não sabem é que, não é suficiente apenas saber das coisas. É necessário colocar em prática aquilo que se sabe. Tiago disse: “E sede cumpridores da palavra e não somente ouvintes, enganando-vos a vós mesmos” (Tiago 1.22).
4.  Todo cristão que se reveste da armadura de Deus terá como recompensa a capacidade de permanecer firme contra as ciladas do diabo.

II.     Com a armadura espiritual o cristão resiste no dia mau (13)
Só há uma forma de o cristão resistir firme no dia mau: Tomando a armadura de Deus.
O que significa “o dia mau”?
Ray Stedman no seu livro Batalha Espiritual cita: “Precisamos permanecer firmes no dia mau. Isso dá a entender que nem todos os dias são maus! Há períodos, ao longo da vida, em que pressões fazem-se sentir mais intensas, quando os problemas se tornam insolúveis, quando tudo parece precipitar-se contra nós, tudo ao mesmo tempo. A períodos assim difíceis foi que Paulo chamou de “dias maus”. Algumas vezes, isso envolve um único dia, outras vezes, uma semana, ou vários meses. Graças a Deus, porém, nem todos os dias são assim perigosos. Nem sempre estamos sendo pressionados, nem sempre temos que nos defrontar com circunstâncias apertadas, que exigem decisões agoniadas, pela urgência das coisas. A razão pela qual nem sempre estamos debaixo de pressão é que a graça de Deus interfere. Não fora a graça divina, que opera sempre para restringir os poderes malignos que se voltam contra nós, permitindo assim tempos de refrigério, prazer, recreação e bênção, todos os nossos dias seriam continuamente maus”1.
O objetivo final de o cristão tomar a armadura de Deus é a capacitação para resistir no dia mau e permanecer firme (13).

(4 coisas que todo cristão deve saber sobre a armadura de Deus)
1.  Não deixe chegar o dia mau, nem situações difíceis, para então buscar forças em Deus. No tempo de calmaria, busque o revestimento da armadura espiritual.
2.  Não tema as ameaças do diabo nem a ameaças circunstanciais. “Uma das armas favoritas do diabo é a intimidação. Ele prepara esquemas, ameaça, amedronta e acusa, com o fim de desencorajar-nos e inibir-nos. Mas nós temos uma armadura. Possuímos nossas armas e atacamos o inimigo que nos ameaça2.
3.  Não acredite nas suas emoções. Pela obra de Cristo na cruz do calvário fomos justificados e podemos ter equilibradas as nossas emoções e desfrutar a paz (Romanos 5.1). David Wilkerson disse: “Se você não possui esta verdade, o diabo vai brincar com suas emoções, com o intuito de enganá-lo e jogá-lo de um lado para o outro. A menos que você tenha este fundamento e sustente tudo o que acredita, nada funcionará com sua doutrina, teologia e crença”.
Suas emoções passam. A Palavra de Deus permanece para sempre! (Isaias 40.8).
4.  Decida memorizar as seguintes palavras:
4.1.    Cingir os lombos com a verdade;
4.2.    Vestir a couraça da justiça;
4.3.    Calçar os pés com o Evangelho da paz;
4.4.   Tomar o escuda da fé;
4.5.    Tomar o capacete da salvação;
4.6.    Espada do Espírito;
4.7.    Oração e súplica.

Conclusão: “Oremos e concordemos em que você jamais se esquecerá de que toda a armadura de Deus é sua melhor defesa e seu melhor ataque contra o diabo.”3

Josenilton Pinheiro.

Notas:
1 – Ray Stedman, Batalha Espiritual; Editora Abba Press; pg. 13; 1993 SP
2 – Thomas Trask & Wayde Goodall; A Batalha, Editora Vida, 1999 pg. 37

3 – Larry Lea – As armas da sua guerra; Editora Vida, 1993; pg94;
08 agosto 2016 1 comentários

A ALEGRIA DE SER PERDOADO (Parte 2).



A alegria de ser perdoado (parte 2).

Texto Bíblico: Lucas 15.11-24
INTRODUÇÃO: No estudo anterior falamos sobre as atitudes do filho que saiu de casa de uma forma impensada e inconsequente: Pediu a herança, partiu para uma terra distante e desperdiçou tudo dissolutamente. É o retrato de todas as pessoas que abandonaram Deus e se entregaram aos prazeres transitórios do mundo.
Hoje veremos como foi grandioso o amor do pai ao receber de volta seu filho. É um retrato de como Deus o nosso Pai nos recebe toda vez que, arrependido, nos voltamos para Ele.

A DEMONSTRAÇÃO DO AMOR DO PAI POR SEUS FILHOS

Quatro coisas marcaram a atitude do pai com relação ao filho pródigo. São também demonstrações de Deus para aqueles que se arrependem e voltam para Ele:
  1. O pai o aguardou. Deus sempre nos aguarda. Desde quando o filho saiu de casa o pai tinha a esperança de que seu amado filho voltasse. Deus ainda espera que seus filhos perdidos voltem para a sua presença. Ele está pronto para recebê-los.

  1. O pai se compadeceu. A compaixão de Deus é uma expressão de sua natureza perdoadora. Por isso nunca devemos nos entregar a um sentimento de culpa e de indignidade. Ainda que sejamos indignos, Ele é cheio de compaixão.


  1. O pai abraçou e beijou seu filho. O verdadeiro amor tem demonstrações. A prova do amor que aquele pai tinha por seu filho foi demonstrada quando ele abraçou e beijou o seu filho. Talvez você nunca tenha recebido esse tipo de demonstração do seu pai aqui na terra, mas Deus o seu Pai celestial te ama e quer te receber em seus braços. Ele já demonstrou seu grande amor enviando seu único Filho para morrer no nosso lugar (João 3.16).

  1. O pai deu provisão. O perdão do pai foi acompanhado de provisão. O filho recebeu vestes novas, sandália nos pés e anel no dedo. Significa que Deus o nosso Pai, além de nos perdoar, está interessado em suprir também nossas necessidades básicas.

AS TRES ÁREAS DA RESTAURAÇÃO DO FILHO:

1.  No relacionamento familiar. Ele foi restituído à família pelo contato pessoal. Relação familiar é uma relação de contatos, de intimidade. Na nossa relação com Deus não pode ser diferente. Nosso retorno a Ele tem que ser um retorno de relacionamento.

2.  Nos direitos de filho. Os direitos dos filhos de Deus são roubados pelo pecado (Is. 59.1,2), mas, quando nos arrependemos estes direitos são restituídos. Hoje Ele quer restituir o seu direito de filho.


3.  Na alegria. A alegria é fruto do Espírito Santo em nós Gl. 5.22. A alegria é fruto de salvação (Salmos 51.12). Se há alegria no céu porque não pode haver na terra? (Lucas 15:10) -  Assim vos digo quealegria diante dos anjos de Deus por um pecador que se arrepende.

CONCLUSÃO: Um filho perdoado receberá a melhor roupa.
Um filho perdoado receberá um anel como selo da reconciliação e da autoridade. (Gl. 5.1).

Um filho perdoado receberá uma grande festa.
05 agosto 2016 0 comentários

Como se Morre de Velhice

Como se Morre de Velhice


Como se morre de velhice 
ou de acidente ou de doença, 
morro, Senhor, de indiferença. 

Da indiferença deste mundo 
onde o que se sente e se pensa 
não tem eco, na ausência imensa. 

Na ausência, areia movediça 
onde se escreve igual sentença 
para o que é vencido e o que vença. 

Salva-me, Senhor, do horizonte 
sem estímulo ou recompensa 
onde o amor equivale à ofensa. 

De boca amarga e de alma triste 
sinto a minha própria presença 
num céu de loucura suspensa. 

(Já não se morre de velhice 
nem de acidente nem de doença, 
mas, Senhor, só de indiferença.) 


Cecília Meireles, in 'Poemas (1957)' 
01 agosto 2016 0 comentários

A ALEGRIA DE SER PERDOADO

https://files.acrobat.com/a/preview/a44e2aa7-5af4-4da8-9c76-3b70802e2977

A ALEGRIA DE SER PERDOADO

INTRODUÇÃO: Falar sobre perdão nos faz mais parecido com os céus, pois foi por esse motivo que Jesus veio ao mundo: “para livrar o seu povo dos seus pecados” (Mt. 1.21). Procure entender à luz da Palavra de Deus que o perdão é a manifestação da graça de Deus ao homem para que este seja literalmente salvo.
O objetivo deste estudo seRrá o de mostrar que o maior fruto do perdão é a alegria.


Esta parábola representa duas coisas muito importantes:

1.       A pessoa de Deus como o Pai cheio de compaixão, amor e perdão.
2.       A pessoa dos filhos que arrependidos voltam para a casa paternal.

AS ATITUDES DO FILHO QUE SAIU DE CASA

1.  Pediu a parte da sua herança – O pai não reteve o que era do filho embora não tenha sido a hora de herdar seus bens.
Sua vida é assim. Se você quer usufruir dela Deus até permite, porém o desejo Dele é que você esteja na Sua presença (em casa) e não longe.

2.  Ajuntou tudo o que era seu e partiu. Ele teve o cuidado de juntar tudo o que lhe pertencia e foi para longe, “a fim de afastar-se da vigilância e disciplina do pai”. Essa atitude rebelde do filho mostra que existe muita gente assim, que, para esconder os seus erros, se afasta do seu pai, de seu líder, de seu pastor etc. e vai para uma terra distante onde comete as maiores atrocidades contra Deus e sua palavra. Quanto mais perto de casa o filho estiver, menos erros cometerá.

3.  Desperdiçou a sua fazenda vivendo dissolutamente. O cuidado que ele teve em ajuntar tudo o que tinha não foi o mesmo na administração da herança. Dissolutamente é a maneira de administrar sem responsabilidade.

ATITUDES DO FILHO AO VOLTAR PARA CASA

Quatro coisas marcaram o retorno do filho pródigo ao seu lar paternal. Estas coisas também precisam acontecer na vida daqueles que querem voltar aos braços de Deus.

1.  O arrependimento.  A expressão do versículo 18 determina o arrependimento do filho que disse “levantar-me-ei e irei ter com meu pai”.
2.  A confissão de seu erro e indignidade. A atitude que mais assegura uma pessoa arrependida é quando ela faz confissão.
3.  A entrega total. A disposição do filho arrependido foi tão grande que não importava se ele seria recebido como filho ou como servo. Para ele o importante era uma entrega sem reservas ao Pai.
4.  A conversão. O termo “levantando-se foi” consolida a mudança de vida daquele filho.

Conclusão:

1.  Você reconhece quais os pecados que comete contra Deus?
2.  Está disposto a: arrependido voltar para Deus?

3.  Entenda que não se trata de ser merecedor ou não, mas da graça perdoadora do Pai que te ama. Volte pra Ele hoje, agora.

aAp. Josenilton Pinheiro.
25 julho 2016 0 comentários

TRANSFORME SUAS CRISES EM OPORTUNIDADES DE VITÓRIAS

https://files.acrobat.com/a/preview/4aa78936-23fb-423a-96bb-699344c5eadf

Transforme suas crises em oportunidades de vitórias
Base Bíblica: Gênesis 37. 1-11

José foi um modelo de superação.
Há um ditado popular que diz: “Se a vida der a você um limão, faça dele uma limonada”.
Isso significa que você deve transformar sua crise em uma grande oportunidade de dar a volta por cima e sair um excelente vencedor.

Exemplos bíblicos de pessoas que transformaram crises em oportunidades e saíram vitoriosamente.

1.  Josué e Calebe. Enquanto os seus companheiros viam os inimigos como gigantes e eles como gafanhotos, Josué e Calebe se viam como gigantes e os inimigos como gafanhotos. Souberam transformar a adversidade em uma oportunidade de desafio pessoal e de crescimento espiritual. (Números 13.31-33).

2.  A mulher do fluxo de sangue. Depois de empreender todos os recursos que tinha na tentativa de ser curada nas mãos dos médicos, converteu seus doze anos de sofrimento em alguns segundos para vencer a multidão e achar uma brecha de tocar nas vestes de Jesus para ser curada. (Marcos 5.24-34).


3.  José, o jovem que transformou a rejeição em promoção pessoal. Este é o principal personagem desta mensagem. Sua história revela o caráter de excelência que tinha desde sua juventude quando cuidava dos rebanhos do seu pai.
José é um modelo de superação pela capacidade que teve de transformar todas suas crises em oportunidades. O que para muitos seria o fim, para José foi o começo de uma grande história.


Para transformar suas crises em oportunidades de vitórias é preciso:

1.  Ser entusiasta. As palavras mais próximas de uma pessoa entusiasta são ânimo e dedicação.
Todo nível de conquista é resultado de ânimo e dedicação, em outras palavras você conquista aquilo pelo qual se anima e dedica.
José foi entusiasta. Não guardou os sonhos si nem se preocupou com as reações dos seus irmãos, ainda que para isso fosse odiando por eles. “e com isso tanto mais o odiavam, por causa dos seus sonhos e de suas palavras” (Gn 37.8b).
Seus irmãos conseguiram lançar José na cova, mas não conseguiram sepultar os seus sonhos.
2.   Ser equilibrada. Enquanto os seus irmãos estavam à flor da pele por inveja, (Gn 37.11a) José estava emocionalmente equilibrado. O que falavam e o que faziam não o desequilibraram em nada, pois ele sabia que seus sonhos tinham origem em Deus dando com isso a lição de que, quem verdadeiramente confia em Deus não vive desequilibrado.
3.  Ser espiritual. Nossa realidade espiritual é mais real que a realidade física e humana. Quem tem seu foco no espiritual se concentra na realização de seus sonhos.
3.1.   Uma pessoa espiritual se concentra nos sonhos recebidos de Deus. Ou você age como os irmãos de José, humana e carnalmente, ou você age como José fiel e espiritualmente. Qual a sua escolha?
3.2.   Uma pessoa espiritual discerne tudo espiritualmente. “Ora, o homem natural não aceita as coisas do Espírito de Deus, porque para ele são loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente. Mas o que é espiritual discerne bem tudo, enquanto ele por ninguém é discernido”. (1 Cor 2.14,15).

4.   Ser economista. O medíocre dissipa o que tem enquanto o excelente faz economia. “Agora, pois, escolha Faráo um homem ajuizado e sábio e o ponha sobre a terra do Egito. Faça isso Faraó, e ponha administradores sobre a terra, e tome a quinta       parte dos frutos da terra do Egito nos sete anos de fartura... assim, o mantimento será para abastecer a           terra nos sete anos de fome que haverá no Egito, para que a terra não pereça de fome” (Gn 41.33,34,36).

     A excelência está presente na mão de “um homem      ajuizado”. O que significa isto? Ajuizado é aquele que     não faz besteiras com o que ganha.

Conclusão: Os sete anos de fome na terra seriam mais terríveis se não fosse a atitude de superação que José teve. Aquele que quase foi engolido pela terra foi o que alimentou a todos pela sua capacidade de acreditar nos seus sonhos e administrar corretamente cada situação até que o sonho se cumprisse.

Frases de impacto: (Façam estas declarações juntos e aproveite para fazer um apelo).

1.  Deus está interessado em ter uma estreita relação com cada pessoa.
2.  Deus enviou Jesus para morrer na cruz no nosso lugar.
3.  O sangue de Jesus tem poder para limpar nossos pecados e nos reconciliar com Deus.

4.  Jesus nos trouxe a paz, salvação, cura, libertação, vida nova e abundante de graça e poder.
18 julho 2016 0 comentários

CAMINHEMOS EM ALIANÇA COM DEUS

https://files.acrobat.com/a/preview/b6072720-7c1c-43e0-b129-c74d0425e7b0

Caminhemos em aliança com Deus

Base Bíblica:     Gn. 12.1-3; 17.1-9

Versículo para memorizar durante a semana:      Eu sou o Deus Todo Poderoso; anda na minha presença e sê perfeito. (Gênesis 17.1)

Introdução: Para que Abraão desfrutasse das promessas feitas por Deus, ele precisava cumprir os termos da aliança que Deus mesmo estabeleceu. Abraão deveria “sair da sua terra” e “andar na presença de Deus”.
Às vezes queremos que Deus cumpra suas promessas em nossas vidas sem atentarmos para a necessidade de sermos fieis aos termos de aliança que Ele tem conosco na qualidade de povo Seu.
Deus é fiel em suas alianças e promessas, e, espera que cada um de nós também seja fiel em cada etapa de nossas vidas.

O significado de “Sai da tua terra”. Significa a renuncia de todas as coisas que Deus pede que as renunciemos. Tantas vezes nos apegamos a velhos conceitos, a velhos modos de comportamento etc. e o Senhor nos chama a nos “despojar do velho homem e nos revestirmos do novo homem”. (Colossenses 3.8,9).

O apego ao que é velho é o maior obstáculo para alcançarmos o novo.
Nada nos impede tanto em receber o novo quanto nosso apego com as coisas que devíamos abrir mão.
Jesus disse: “não se põe vinho novo em odres velhos”. Indicando que o novo não virá enquanto estivermos apegados ao que é velho.

1.      Duas coisas que renunciamos com facilidade:
1.1. Relacionamentos que nos prejudicam. Preferimos romper esses relacionamentos a trabalhar na nossa própria alma e ser um canal de bênção para essas pessoas.
Jesus disse para “darmos pão e água” se o nosso inimigo tiver fome e sede. Ignorá-los, portanto, não é uma atitude de renuncia, mas de abandono.
1.2. Situações injustas. Podemos discordar de uma situação, por não acharmos justa e com isso nos omitirmos. Porém, a omissão não é renuncia. Nunca diga “não tenho nada a ver com isso” achando que está renunciando uma causa.

2.      As coisas que temos dificuldades em renunciar.
2.1. Hábitos. Se os nossos hábitos forem bons, tudo bem, mas se forem maus seremos prejudicados.
2.2. A procrastinação. A forma mais eficiente de renunciar a procrastinação é colocando em prática tudo o que precisa ser feito. O velho ditado tem aqui o seu valor: “não deixe para amanhã o que você deve fazer hoje”.
2.3. A religiosidade cega. No caso de Abrão sua casa e sua parentela eram obstáculos para a manifestação plena das promessas de Deus por causa da idolatria que envolvia os seus familiares.

Entendendo o significado de renuncia:
1.  Aquilo que preciso fazer, mas quase sempre não quero;
2.  Aceitar as condições impostas por Deus para obter o que Ele me prometeu;
3.  É a capacidade de abrir mão de coisas licitas para obter coisas legítimas. Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm. Todas as coisas me são lícitas; mas eu não me deixarei dominar por nenhuma delas. (1 Coríntios 6.12).
4.  É a capacidade de fazer o que não quero pra conseguir o que preciso.

“Se você faz o que todo mundo faz, chega aonde todo mundo chega. Se você quer chegar aonde a maioria não chega, precisa fazer o que a maioria não faz”.


Cuidado com as coisas adquiridas de forma ilegal. Toda semente prostituída é reprovada por Deus. Está escrito: Guardareis os meus estatutos; não permitirás que se ajuntem misturadamente os teus animais de diferentes espécies; no teu campo, não semearás sementes de mistura, e veste de diversos  estofos misturados não vestireis (Lev. 19.19). Exemplos de coisas adquiridas de forma ilegal:

  1.   Diplomas falsificados.
  2.  Currículos falsos.
  3.   Benefícios obtidos como troca por sexo.
  4.   Atestado médico comprado.
  5.   Casamentos recomendados.
  6.   Coisas roubadas etc.

O significado de “Anda na minha presença e sê perfeito”. A perfeição é possível quando se anda com o Todo Poderoso. Quem tem promessa de Deus tem que andar na presença do Deus Todo Poderoso.

1.  Andar na sua presença é viver comprometido com o padrão mais elevado de vida. “Não podemos agradar a Deus andando como queremos”.
2.  Andar na sua presença é não negociar a relação com Deus por nenhuma oferta transitória. As ofertas transitórias são sementes para o desprezo das coisas eternas.
3.  Andar na sua presença é entender que se passarmos um dia sem desfrutar bem da sua revelação ficaremos presos a coisas desnecessárias. Pare de fazer tudo o que está fazendo e comece a buscar a Deus.


Josenilton Pinheiro.
  
Este Guia de Estudo refere-se ao sétimo Estudo da série REFORMA E EXCELÊNCIA elaborado pelo apóstolo Josenilton Pinheiro com o objetivo de facilitar o ensino bíblico nas células da Igreja Rhema Ministério Apostólico.


 
;