11 fevereiro 2008

A aliança que remove o poder da morte




A ALIANÇA QUE REMOVE O PODER DA MORTE


Texto: 2 Cr. 29.6-11

Porque nossos pais transgrediram, e fizeram o que era mau aos olhos do SENHOR nosso Deus, e o deixaram, e desviaram os seus rostos do tabernáculo do SENHOR, e lhe deram as costas. Também fecharam as portas do alpendre, e apagaram as lâmpadas, e não queimaram incenso nem ofereceram holocaustos no santuário ao Deus de Israel. Por isso veio grande ira do SENHOR sobre Judá e Jerusalém, e os entregou à perturbação, à assolação, e ao escárnio, como vós o estais vendo com os vossos olhos. Porque eis que nossos pais caíram à espada, e nossos filhos, e nossas filhas, e nossas mulheres; por isso estiveram em cativeiro. Agora me tem vindo ao coração, que façamos uma aliança com o SENHOR Deus de Israel, para que se desvie de nós o ardor da sua ira. Agora, filhos meus, não sejais negligentes; pois o SENHOR vos tem escolhido para estardes diante dele para o servirdes, e para serdes seus ministros e queimadores de incenso.
Introdução: O capítulo 29 de II Crônicas narra o ministério do rei Ezequias que buscou logo no inicio do seu reinado reformar a casa do Senhor abrindo e reparando as suas portas e chamando os levitas e sacerdotes a uma santificação de vida pessoal e congregacional num reconhecimento profundo da razão de estarem em declínio espiritual. O rei não se entregou às mazelas do seu pai nem permitiu que os pecados de seus antepassados determinassem a sua vida e reinado. O fato da casa do Senhor estar com as portas fechadas e estragadas, com sujeira e lixo indicavam o declínio espiritual do povo que pode ser visto da seguinte forma:
AS POSSÍVEIS CAUSAS DE UM DECLÍNIO ESPIRITUAL “Ou uma pessoa se inclina para Deus ou se inclina para satanás”. Um declínio espiritual pode acontecer na vida de uma pessoa pelos seus pecados pessoais ou pode acontecer pelos pecados de antepassados, daqueles que exerceram liderança sobre nós. Neste caso a razão foi o pecado dos antepassados. O que fizeram? Por que estavam assim? O que Ezequias pôde constatar foi que a situação espiritual que estavam vivendo era consequência dos pecados cometidos pelos seus antepassados, porém não se conformou com essas conseqüências e começou uma reforma. 2CR 29:6 - Porque nossos pais transgrediram, e fizeram o que era mau aos olhos do SENHOR nosso Deus, e o deixaram, e desviaram os seus rostos do tabernáculo do SENHOR, e lhe deram as costas. 2CR 29:7 - Também fecharam as portas do alpendre, e apagaram as lâmpadas, e não queimaram incenso nem ofereceram holocaustos no santuário ao Deus de Israel. Transgrediram, fugiram do dever por falta de interesse ou má fé.Fizeram o que era mau diante do Senhor. Cometeram os mais terríveis tipos de pecados. Deixaram o Senhor. Desviaram-se. Não fizeram caso de Deus e de sua obra. Em Rm 1:28 está escrito: E, como eles não se importaram de ter conhecimento de Deus, assim Deus os entregou a um sentimento perverso, para fazerem coisas que não convêm; Negligenciaram o tabernáculo, o lugar da adoração. Rebelaram-se contra o Senhor dando-lhe as costas. Apagaram as lâmpadas, anulando assim a ação do Espírito de Deus. Não entregaram holocaustos, ou seja: Faltou entrega
A SENTENÇA DE DEUS SOBRE O PECADO DE UM POVO DECLINADO 2CR 29:8 - Por isso veio grande ira do SENHOR sobre Judá e Jerusalém, e os entregou à perturbação, à assolação, e ao escárnio, como vós o estais vendo com os vossos olhos. 2CR 29:9 - Porque eis que nossos pais caíram à espada, e nossos filhos, e nossas filhas, e nossas mulheres; por isso estiveram em cativeiro.
A ira de Deus veio sobre as cidades por causa do pecado dos reis antecessores a Ezequias. A perturbação e ao terror; A assolação, espanto; O escárnio (Gozação, motejo). A morte pela espada dos pais (Sacerdotes dos lares).
O pecado gera a morte de um pai e pode gerar a morte de uma família, de uma célula. Sabendo disso o primeiro alvo do inimigo é atingir o líder. É o cativeiro da família (filhos, filhas e mulheres) Um lar sem sacerdócio se torna presa fácil para o cativeiro. Qualquer tipo de prisão que nossos filhos, filhas e mulheres estão passando é conseqüência da nossa omissão no sacerdócio familiar. COMO SE REMOVE UMA SENTENÇA – Aliança com propósito 2CR 29:10 - Agora me tem vindo ao coração, que façamos uma aliança com o SENHOR Deus de Israel, para que se desvie de nós o ardor da sua ira. ‘Não importava se satanás tinha introduzido trevas, cáus ou distorcido a personalidade do povo. A palavra de Deus era capaz de introduzir um elemento de equilíbrio de harmonia, concerto e perfeição para todo o povo’ e Ezequias, como o líder chama seu povo a fazer uma aliança com Deus. A aliança nos livra da ira.
ALIANÇA COM DEUS É FAZER EXATAMENTE O QUE ELE NOS MANDA. 2CR 29:11 - Agora, filhos meus, não sejais negligentes; pois o SENHOR vos tem escolhido para estardes diante dele para o servirdes, e para serdes seus ministros e queimadores de incenso. Os termos que deviam reger esta aliança eram: “Estar diante de Deus ficando em sua presença pela oração e pela leitura se Sua Palavra; Servir a Deus, dando bom testemunho a outros que precisam ouvir para serem salvos e edificados; Ser ministro de Deus, cuidando das necessidades espirituais do rebanho; Fazer a obra da oração simbolizada no verso 11 pelo incenso. (A Bíblia Vida Nova)”.

Conclusão: Não importa se a causa dos nossos declínios é resultado de pecados pessoais ou de nossos antepassados. Se estivermos dispostos a entrar em aliança de santidade com o propósito de servir fielmente a Deus Ele removerá para sempre o opróbrio das nossas vidas.
Na aliança
Pastor Jó

Nenhum comentário: