02 abril 2010

Considerações sobre as tempestades da vida


Marcos 6.45-56.

E vendo que se fatigavam a remar, porque o vento lhes era contrário, perto da quarta vigília da noite aproximou-se deles, andando sobre o mar, e queria passar-lhes adiante. (Mc 6.48).

“O mundo não está interessado nas tempestades que encontrastes. Quer saber se trouxestes o navio”.
“Para atingirmos o porto, devemos velejar sempre e sempre, algumas vezes a favor do vento; outras, contra o mesmo, mas nunca devemos permanecer à deriva ou fundear a âncora” (Oliver Wendell).
“A adversidade tem o efeito de despertar talentos, os quais, em circunstâncias favoráveis, permaneceriam adormecidos” (Horácio).
“Os golpes da adversidade são terrivelmente amargos, mas nunca estéreis” (Ernest Renan).
C. L. Neal cita: “Estudando a história bíblica, descobrimos que as aflições têm contribuído para o fortalecimento do caráter. O homem, para progredir neste mundo, tem que se revestir de poder para a luta, e um desses meios é a aflição.
Se porventura José não tivesse sido prisioneiro dos egípcios, jamais teria galgado o elevado cargo de governador de uma pujante nação. As correntes de ferro que o sujeitaram na prisão o prepararam para usar o colar de ouro que ostentou no pescoço como chefe do governo.
O sofrimento de Moisés no deserto, por quarenta anos, foi uma bênção gloriosa para o povo escolhido de Deus, uma vez que lhe proporcionou uma preparação especial, a fim de conduzi-lo através dessas plagas ermas e sáfaras, sendo ao mesmo tempo uma maneira peculiar para entregar os encargos e as leis – que se tornaram uma bênção para toda a raça humana – a par da liderança inquestionável e a atuação destacada como legislador, que ninguém jamais conseguiu superar!”
As tempestades da vida não estão sob nosso controle, portanto, prepare-se para enfrentá-las.
“porque o vento lhes era contrário” v.48. O pastor Ricardo Gondim cita: “Prepare-se para a vida que ela vai vir com tudo o que ela tem, de bom e de ruim, pra cima de você”. Frente a isso, previna-se.
As tempestades da vida alteram a nossa percepção. “pensaram tratar-se de um fantasma e gritaram”.
Com visão ofuscada tome alguns cuidados: Não pule do barco; tendência da maioria. E ainda, não aja por si mesmo.
Frente às tempestades da vida não podemos medir esforços para nos livrarmos destas. “fatigados a remar”.
É preciso remar contra as adversidades e quando remamos atraímos o olhar de Jesus. “e vendo-os em dificuldades a remar”.
O Senhor não deixará que nos afundemos na tempestade. Ele vem para nos livrar; Ele vem para nos dar palavras de vida; Ele vem para ficar conosco.

Como canta Adhemar de Campos... Ele Vem Pra Te Salvar  


Diga para os temerosos não há nada a temer

Poderoso é o teu Senhor quando clama Seu nome Ele então virá
Ele vem pra te salvar, Ele vem para te salvar
Diga ao cansado, o teu Senhor virá
Ele vem para te salvar.
Ele vem pra te salvar, Ele vem para te salvar
Contempla ao Senhor e te levantarás
Ele vem para te salvar
Diga para os abatidos, não percam a fé
Poderoso é o teu Senhor quando clama Seu nome
Ele então virá.
Ele vem pra te salvar, Ele vem para te salvar
Diga ao cansado, o teu Senhor virá
Ele vem para te salvar.
Ele vem pra te salvar, Ele vem para te salvar
Contempla ao Senhor e te levantarás
Ele vem para te salvar
Ele é o teu refúgio em meio as lutas
O escudo na tempestade.
Uma torre na tristeza
Fortaleza em meio a batalha.

Josenilton Pinheiro

Nenhum comentário: