25 julho 2007

Companheira


Sob o palácio do firmamento,
Em meio à flora,
A música,
As aves...
No cair do crepúsculo, dormiu.
E no despertar por luz bela,
Ao seu lado uma donzela,
Companheira.
Por quem criou a luz,
O espaço,
O ar,
A água na terra,
 Os peixes
E o mar.
E criada a mulher das costelas do homem
Do ventre mulher nascera o homem
O Conselheiro,
Deus forte...
Mediante o sublime nome MULHER.

Josenilton Pinheiro


Nenhum comentário: