22 julho 2009

VISÃO PERFEITA: Uma conquista necessária III


"Permita-se ser ajudado pelos facilitadores do caminho".

Comecei este discurso dizendo que existem muitas pessoas querendo te ajudar. Volto ao inicio do texto de Marcos 8.22 para falar que do mesmo modo como apareceram pessoas para ajudar o cego a ir até Jesus, Deus levantará pessoas dispostas a nos ajudar.

O texto diz:
"E, chegando a Betsaida, algumas pessoas trouxeram um cego à presença de Jesus e rogavam-lhe que o tocasse".

DEUS SEMPRE ESCOLHE PESSOAS COMO INSTRUMENTOS DE BÊNÇÃOS PARA NOSSA VIDA.
O nosso papel diante disso é identificar corretamente esses ajudadores e uma vez identificados, permitir que sejamos ajudados.
Intercessores. Aqueles que são movidos por Deus para orarem por você.
Discipuladores. Aqueles escolhidos por Deus para te discipular na caminhada cristã.
Animadores. São aquelas pessoas que sempre tem uma palavra de ânimo pra você nos seus momentos difíceis. Despertam seu ânimo.
Ouvintes. Muitas vezes Deus coloca ouvintes perto de você a fim de que você desabafe.
Conselheiros. Aqueles que Deus usa para te alertar de perigos ou te apontar oportunidades.

QUANDO NÃO SOMOS AJUDADOS É PORQUE ESTAMOS NO LUGAR ERRADO OU PORQUE NÃO CHEGOU A NOSSA HORA.
Zaqueu só pôde ser ajudado integralmente quando desceu da árvore.
O paralítico que estava no tanque de Betesda só recebeu a cura na hora certa (Jo 5.1...)

JESUS É O NOSSO MAIOR MODELO DE AJUDADOR.
Ele é chamado Emanuel – Deus conosco. Mateus 1.23
Ele é chamado Jesus – Salvador dos pecadores. Mateus 1.21
Amigo de pecadores – Mateus 11.19
Em seu livro A lei do Reconhecimento, o Dr Mike Murdock cita 21 fatos para ajudar você a identificar os que foram designados para ajudar você. Cito alguns:
Cada pessoa designada para você resolverá um problema diferente.
Os que foram designados para ajudar você se consideram seus protetores. Exemplo de Pedro quando cortou a orelha do soldado.
Os que foram designados para ajudar você se tornarão inimigos dos seus inimigos.
Os que foram designados para ajudar você nunca farão aliança com alguém que planeje sua destruição. “O amigo ama em todos os momentos; é um irmão na adversidade”. (Pv. 17.17).
Quem foi designado para ajudar você não quebra o elo de confiança.
Os que foram designados para ajudar você podem estar cumprindo uma missão temporária.

Conclusão:
A visão perfeita do homem que fora cego foi resultado da ajuda e intervenção de outros.
Sempre haverá pessoas interessadas em nos abrir os olhos para a vida.
Permita-se ser ajudado!
Notas: A Lei do Reconhecimento – Mike Murdock, Editora Central Gospel, 284/285

Josenilton Pinheiro.


Nenhum comentário: