15 agosto 2007

LIBERE PALAVRAS DE VIDA


Até o tolo, estando calado, é tido por sábio e o que cerra os seus lábios, por entendido (Pv.17.28)


Você já ouviu a expressão que diz: “Quem fala o que quer termina ouvindo o que não quer”? Pois bem. Muita gente usa essa expressão para “soltar os cachorros” sobre os outros. Na verdade quando fazem isto denunciam que não conseguem domar as suas línguas e que precisam de libertação. Elas não falam o que pensam porque se pensassem não falariam tanta asneira.
Estamos vivendo dias de luto porque no transcurso da jornada perdemos “ovelhas que foram arrebatadas do aprisco” (Hab. 3.17) e não foi por falta de pastoreio.
O comando de Deus é para que nos alegremos Nele que é o Deus da nossa salvação (Hab. 3.18).
Comentar, opinar, dizer o que acha são coisas desnecessárias.
Deus tem feito promessas e temos alvos muito específicos dos quais não vamos abrir mão, pois sabemos que Aquele que prometeu é poderoso pra fazer infinitamente mais além do que pedimos ou pensamos.

  • Não é hora de comentar a escolha dos outros. Cada um dará conta de si.

  • Não é hora de lamentar. É preciso fazer alguma coisa. Saia da sua zona de conforto e faça-a.

  • Não é hora de parar. “Em tempos de guerra, nunca pare de lutar. Em tempos de guerra nunca pare de adorar. Libera a Palavra, profetize sem parar...” (Ludmila Ferber).

  • Cerre seus lábios para coisas que não edificam. Não seja aliado do diabo que usa a Palavra de Deus para justificar suas razões e atitudes de rebeldia.

Se o tolo consegue se manter calado, o que dizer de você que tem o fruto do Espírito (domínio próprio) na sua vida?
Libere sempre palavras de vida


“É nessa hora que a gente precisa lutar e jamais desistir... buscar tua face é preciso, Deus”.

Coloque em prática!
Ainda hoje.


Pr. Jó

Nenhum comentário: