05 setembro 2007

Três anos e meio de preparo. Pelo menos!

“Mostra qual destes dois tens escolhido” (At.1.24b).
Estas palavras fazem parte da oração de Pedro a favor de dois homens: José Barsabás e Matias. Ambos conviveram com os doze apóstolos desde o tempo que Jesus andou entre eles. Contados os dias do batismo de João Batista até os dias que Jesus foi levado para cima é provável que estes dois homens tenham convivido pelo menos três anos e meio com Jesus e os apóstolos. Estavam debaixo de uma mesma liderança, lidavam com as mesmas pessoas, viram os mesmos milagres, ouviram os mesmos ensinos etc., mas só Matias foi escolhido por Deus para fazer parte do ministério apostólico. Reflita comigo: Estou cansado de ver gente correndo atrás de títulos para os quais nunca foram chamados. Eu escrevi nunca. Sou profundamente abençoado em meditar sobre a vida destes dois homens e muito mais em saber que José Barsabás, mesmo não sendo o escolhido por Deus para o apostolado (e Deus tem suas razões) foi um homem que viveu intensamente sem se prender a mediocridade de um título ministerial. Um não era melhor do que o outro, apenas Matias foi escolhido por Deus. Não importa se sou José Barsabás. Não interessa se sou Matias. Se sou José ou se sou Matias o que interessa é que eu viva intensamente como filho de Deus. Se eu sou escolhido? Deus revelará, ainda que pra isso seja necessário pelo menos três anos e meio ou mais. E aí? Está a fim de esperar?
Ponha em prática
Ainda hoje.
Pastor Josenilton Pinheiro

Nenhum comentário: