22 novembro 2007

Melhor do que (1)

Melhor do que uns e outros é aquele que ainda não é... (Ec.4.3).

Tem alguém melhor que você pelo simples fato de ainda não ter nascido. Alguém que não sabe o que é chorar e sorrir, mas quando nascer vai conviver muito bem com o riso e com o choro. Pena que quando grande parece desaprender essa arte. Arte de abrir o berro sem se preocupar com os incomodados, que de tão disfarçados, não admitem o choro dos outros porque eles mesmos o abortaram dos seus peitos. Dizem, por ai, que abafar o choro faz mal pra saúde!
Tem alguém melhor que você e eu pelo simples fato de ainda não ter nascido.
Alguém que cresce e aprende que pra sorrir não precisa ser estimulado por piadas desprovidas de utilidades pra alma. Alguém que literalmente sabe o que significa “sorrir para as paredes”, que nada mais é do que o encanto pela beleza das coisas simples da vida como tomar banho de chuva, andar descalço, contar estórias e ouvir histórias, sorrir quando alguém sem querer dá um “pum” e ouvir dos mais velhos a frase: “Quem ri de bufa os dentes caem”.
Alguém que se alegra com a homenagem no seu aniversário ainda que o bolo seja um simples bolo de fubá e o refrigerante um “cruch” da vida, afinal esse alguém não sabe o que é o glamour do bolo recheado e, coca-cola, é muito cara pra seus pais comprarem. Alguém que se alegra por ter ganho um par de meias, afinal as que ele tinha estavam furadas.
Tem alguém melhor do que aqueles que se “acham os tais” pelo simples fato de ter nascido e crescido. Aprendeu que chorar e sorrir não é uma arte de criança, mas uma dádiva de Deus ao homem chamado ser.
Você pode ser o que quiser!
Só não pode perder a capacidade de chorar com a vida e sorrir dela.
Você pode ser o que quiser, mas seja intensamente você!

Simplesmente Jó

Nenhum comentário: