08 maio 2009

Não tema a crise, faça investimentos espirituais

Texto Bíblico: Ec 11.1-6

Versículo para memorizar: Quem observa o vento, nunca semeará, e o que olha para as nuvens nunca segará Ec 11.4

Para refletir: Use o seu investimento para edificar as pessoas e não as pessoas para edificar seu investimento.

Quatro tipos de investimentos que todo cristão deve fazer:

Invista em você mesmo. Invista o máximo para ser o melhor possível aqui na terra. Estude, pesquise, se relacione, faça amigos, trabalhe, se divirta, dê presente etc. A grande lição aqui é: Invista em você mesmo, mas não se isole. Compartilhe sua vida com outras pessoas e não fique surpreso quando se sentir mais feliz.

O investimento na sua família. Invista tempo com qualidade para sua família. O investimento mais seguro e mais lucrativo é o investimento na família, mesmo sendo em longo prazo. O tempo de visitação de Deus hoje na terra é para converter o coração do pai ao coração do filho (Ml 4.6).

O investimento na igreja. Não seja indiferente aos projetos da igreja. Investimento aqui é dar de si para que a igreja cumpra a sua missão. Isso se torna possível quando você e eu passamos a entender que a igreja só cumpre sua missão sem a nossa omissão. Seja omisso a qualquer área da igreja e você retardará sua missão.

O investimento na nação. Faça parte da história de sua nação; exerça sua cidadania. Seja participante dos projetos que ajudam a nação a ser melhor. Nesta perspectiva, como podemos identificar princípios espirituais de investimentos?

Lançar o pão sobre as águas. O transporte marítimo de trigo prefigura um investimento de longo prazo, “depois de muitos dias o acharás”. Somos influenciados por demais com o imediatismo, por isso encontramos dificuldade no trajeto da vida ou do ministério quando temos que fazer um investimento em longo prazo. No mundo dos negócios o investimento se divide em três partes: curto, médio e longo prazo. Acredito que na nossa vida espiritual não é diferente, mas na prática parece vivermos somente do curto prazo. Semear é uma arte, a terra uma tela. A tela não pode responder por uma pintura mal feita. Na prática: Se os resultados que estamos tendo não são os que gostaríamos de ter o problema não está na pintura, está no pintor. Para uma reflexão sobre o tempo de retorno de um investimento, gosto da seguinte figura:“Se quiser fazer crescer alguma coisa para durar uma estação, plante flores.Se quiser fazer crescer alguma coisa para durar uma vida, plante árvores.Mas se quiser plantar alguma coisa para durar uma eternidade, plante igrejas”.

Repartir com sete e com oito. Compartilhe os seus investimentos com o maior numero possível de pessoas que acreditem com você. Na hora dos dividendos, por amor, não se esqueça deles. Vale aqui uma frase muito útil: “Use o seu ministério para edificar as pessoas e não as pessoas para edificar o seu ministério”. Na prática: Use o seu investimento para edificar as pessoas e não as pessoas para edificar seu investimento.

Não olhar para os ventos (enfrente a crise). Seja um investimento pessoal, familiar, na igreja, na nação ou qualquer outro tipo de investimento prepare-se para enfrentar as adversidades. Não olhar para as nuvens. Tanto os ventos quanto as nuvens representam manifestações externas que estão fora do seu controle. Na prática: Controle suas emoções. Não deixe que as coisas que não estão sob o seu controle descontrolem você, e lembre-se: Os ventos podem ser fortes, as nuvens podem ser negras, mas ambos passam.

Confie no poder de Deus, 5.Quero acreditar que este versículo é auto-explicativo. Na prática é: “Confie no Senhor de todo o teu coração e não te estribes no teu próprio entendimento” Pv.3.5. Diversifique sua semeadura, 6. “Pela manhã semeia a tua semente, e à tarde não retires a tua mão”. Diversifique seus empreendimentos e investimentos com persistência. Se tentar de um modo e não der certo, tende de outro modo, mas nunca desista.

CONCLUSÃO:Não ignore as crises, mas não deixe que elas determinem o que vai acontecer dentro de você. Por mais devastador que possa parecer lá fora, dentro de nós pode ser uma grande oportunidade de mudança. Use a estabilidade e a flexibilidade como aliadas. Seja firme no que exige firmeza, mas não seja intransigente quando for necessária a flexibilidade. Diversifique seus investimentos, mas nunca deixe de confiar nas obras de Deus.

Prs. Josenilton e Sheila Pinheiro

Nenhum comentário: